segunda-feira, 17 de março de 2014

A escola de Malibu!

Ja falei varias vezes que ia fazer um post sobre a escola das crianças e nada né? E agora aqui está o tal post! Hahaha

Escolhemos a escola das crianças primeiramente porque era a mais perto de casa e ia dar para ir levar e buscar a pé! E passamos um ano com ela, até que resolvemos mudar, eu acho que uma escola em que eles aprendessem espanhol ou francês (que são duas línguas super presente nas nossas vidas!). O espanhol eles sabem super pouco (sabem apenas as coisas que falam em hotéis e restaurantes!), e francês eles entendem bem (nossa estadia de semanas com eles na escola rendeu! Eles entendem bem o francês só não se arriscam muito para falar). E apesar da escola deles não oferecer nada disso e eu achar que tempo para aprender isso, eles tem que gastar na escola e não o tempo livre deles, ela oferece coisas "melhores"! 

A Melissa tem aulas variadas! Na segunda-feira pela manhã ela tem balé, aula de inglês e informática e a tarde (eles tem aula até as 15h) aula de "literatura", ela ama porque a professora varia bastante e no mundo infantil mesmo! Na terça-feira ela tem aula de inglês, história e matemática e aula de musica. (Os horários da escola são bem confusos! E eles ficam das 8h as 15h e tem 4 coisas por dia, bem mau dividido) Na quarta-feira ela tem natação, matemática, literatura e informática. Na quinta-feira ela tem história, geografia, uma aula em que eles ensinam a plantar/colher (as vezes eles levam para casa, as vezes comem na escola mesmo!) e matemática prática (eles saem da escola e vão a um mercado/loja com dinheiro para as crianças irem aprendendo a esconomizar e a como gastar o dinheiro que eles economizaram!). E na sexta-feira tem educação física (que a criança escolhe entre futebol americano e vôlei!), inglês, leitura do livro da semana (eles escolhem na aula de literatura e um aluno é escolhido para ler o livro!) e ginástica rítmica. A Melissa fica cansadíssima na sexta porque tem duas atividades físicas! Mas em uma reunião de pais descobri que os pais que pediram assim, porque ai eles ficam cansados e da para os pais saírem (eu não gosto, porque sexta, sábado e domingo são os dias em que aproveito meus filhos de verdade e não quero eles chatinhos).

O Joaquim não tem matemática, história e geografia! Mas eles tem inglês e literatura, mas são aulas mais livres que da Melissa. A de inglês envolve mais fala, e a professora está ensinando a escrever e ler! E literatura também é mais voltado para a leitura deles e para incentivar eles a lerem sempre, eles também são escolhidos para ler para a sala. Joaquim tem futebol americano, balé (e é ótimo! A postura fica ótima, e não é só menina que tem que ter postura né?), ginástica rítmica, aula de musica, informática, natação e aula de pintura! A Melissa também poderia ter aula de pintura, mas era isso ou informática, e ela escolheu informática! 

Eu não gosto que eles tenham informática! Eles são totalmente livres de tecnologia e agora ficam grudados no iPad ou iPhone (que eu decidi que a partir de agora será apenas para assistir desenhos! E tenho colocado desenhos em espanhol e francês). E é tanto que tivemos que decidir horários logo nos primeiros dias! Eles ficaram super grudados nos primeiros meses, agora eles já são minhas crianças de novo e preferem mil vezes brincar no parque. O Murilo e Catarina gostam mais de ficar com as tecnologias do que a Melissa e o Joaquim, o Murilo ama joguinhos para bebes, sabem? E a Catarina gosta de assistir, ela assiste um episódio inteiro de Backyardigans (foi o desenho mais longo que eu lembrei! Ela prefere Pocoyo, Peppa Pig, A loja de laços da Minnie) no iPad e na televisão não passa dos 5 minutos! 

Ano passado eram menos aulas práticas e esse ano (a partir de setembro a escola já foi começando com as mudanças, e agora em janeiro começou de verdade! E pra valer vai ser em setembro novamente, após ferias de verão e quando começa um novo ano letivo) a escola passou por uma mudança total que inclui essas varias aulas especiais, eles ainda vão arrumar horários! E foi isso que nos fez ficar, os planos deles para o ano que vem (setembro) é eles terem apenas uma aula teórica por dia, e vão tentar deixar tudo mais como prática (inclusive geografia e história!) e inglês e matemática para os menores vão ensinar só o que precisamos saber, e ai a partir dos 10 anos começa a ser mais teórico (as regras do inglês, e os cálculos matemáticos que nunca usamos na vida! E geografia e história viram teóricos também). E provas só a partir dos 10 anos também, eles não vão ter teoria e então até concordo que não tenha. 

Sobre a escola bilingüe, eu ainda acho que seria o melhor para eles e que poderíamos encontrar uma escola que tem tudo isso de atividades que eles tem e ser bilingüe mas o Pedro acha que o inglês é o mais importante para a vida deles! Eles só falam português porque visitamos a nossa família sempre e os avós estão sempre por aqui, porque pelo Pedro nem português eles saberiam. E inglês eles aprendem diariamente na escola, em casa e em qualquer lugar que a gente vá então ele está feliz. E o espanhol e francês para eles só será importante se eles forem igual nós! Já que nós vamos para Cancun e Paris sempre (todo ano! E Paris com mais frequência que Cancun), e o Pedro ainda tem empresa em Paris e sempre vamos para lá, tivemos até uma tentativa frustada de morar por lá (mas ai veio a Mabi e resolvemos voltar para Malibu!). E espanhol é super importante (na minha opinião!) e eu adoro saber essa língua porque posso visitar vários países sem ter o medo de lá eles não entenderem inglês (o que é super normal, tanto que deram vários cursos no Brasil para as cidades que vão ter jogos da copa né?). E eu acho que meus filhos tem que ter essa tranquiladade de poder ir para vários países sem o medo de não entenderem inglês! E uma coisa que eu sempre falo para o Pedro é que um dia a gente pode morar em Paris e as crianças (que não vão ser crianças anymore) vão reclamar que nunca ensinamos francês para eles. Sem contar que francês é uma língua linda e eu acho ela maravilhosa e super chique! Foi a língua que eu fiquei mais feliz de aprender.

E eu acho que era isso que queria falar! Se você pode escolher entre uma escola normal e uma de ensino diferente, escolha a de ensino diferente!! Aqui apesar de não ser bilingüe, ela é maravilhosa só pelo tanto que eles desenvolvem a parte motora deles (natação, balé, vôlei, futebol e ginástica ritma são ótimos para isso e ainda densenvolvem o mental também! Considerando que precisa de uma concentração maior deles e nos que envolvem bola ainda tem o reflexo envolvido né? E natação é ótimo para crianças que tem problemas de respiração, como asma! Aqui não temos isso mas eles estão com o fôlego bem melhor depois que começaram com a natação na escola e o papai amou porque super ajuda nas aulas de surf que ele da! Hahhaha)

sexta-feira, 14 de março de 2014

Conhecendo: Alexandra Banderas.

Oi gente, perceberam que finalmente o blog ta voltando ao normal né? hahaha Hoje temos uma entrevista com uma mãe solteira, a Alexandra estou comigo antes da Mel nascer. Ou seja, muito tempo atrás! hahaha Parece que foi à uns mil anos.

E A ENTREVISTA FOI ATUALIZADA!!!! Novidades com letras coloridas. ;)

1. Nome completo, idade: Alexandra Banderas, 22 anos. Em breve Alexandra Banderas Trussardi, 23 anos! hahahaha
2. Nome do filho, idade: Eduardo Banderas Hassum, 3 anos e grávida de 4 meses!

3. Como escolheu o nome do Dudu? Já pensou em nomes para o bebê? Desde adolescente sonho com o meu Dudu! Sempre achei que seria Marcos Eduardo, mas na época preferi só Eduardo. Como ainda não sei o sexo, não pensamos muito! O Guilherme quer que seja um menininho para se chamar Antônio, em homenagem ao avô dele e acho que vamos com Maria Antônia se for menina. Apesar de eu preferir mil vezes Helena e Luísa.

4. Durante a gravidez você já ficou sozinha ou foi depois que o Eduardo nasceu? Foi durante a gravidez, foi no finalzinho da gravidez! Foi 2 meses antes do Eduardo nascer, até então ele estava me ajudando muito, ajudou na escolha do enxoval e tudo. Hoje em dia o Dudu passa alguns finais de semana com a avó e com o pai, mas é bem raramente! Sempre que eles pendem, eu conto para ele e ele fica esperando na porta.

5. Como foi a gravidez? E como está sendo essa? Foi tranquila! Não tive nada de enjoo ou de azia. A pior parte foi no final, que a única pessoa que me apoiava me abandonou. Totalmente diferente da do Eduardo! E por isso dizem que é menina, mas eu ainda faço mistério sobre o que acho é. hehe Os enjoos foram com muita frequência até o finalzinho dos três meses e agora tenho só de manhã, e não é todos os dias.

6. Você cuida do Eduardo totalmente sozinha (sem ajuda de pai e mãe)? Sim! Eu tenho uma super sorte de conseguir um emprego que paga bem para trabalhar só durante a tarde. Então a tarde ele vai para a escola e eu vou trabalhar! hahaha O Eduardo só vê a família nos finais de semana, e em alguns ele vai ver a família do pai. Agora eu tenho ajuda do Guilherme, meu noivo. Mas vai continuar sendo do mesmo jeito, só que vou parar de trabalhar e só vou voltar quando o bebê estiver com 2 anos.

7. O Eduardo nasceu de cesárea ou parto normal? E o baby 2 vai nascer como? Ele nasceu de cesárea porque na hora não deu para ser PN! Eu tava com contrações e tudo mais, mas só que sem nada de dilatação e foi assim por muito tempo. Foi até o final sem nada de dilatação. E aí, tivemos que fazer cesárea mas eu queria mesmo parto normal. Se Deus quiser de PN! Quero muito passar por essa experiência, assim como a Bru quer passar por uma cesárea (e eu acho ela louca por isso, já que a recuperação do PN é mil vezes melhor!).

8. Quantos quilos você engordou na gravidez? Demorou emagrecer? E até agora na segunda gravidez? Vai se controlar ou se liberar mais? Engordei 15 quilos e antes do Eduardo completar 3 meses já tinha perdido, e ainda emagreci mais 3 quilos a mais. Dizem que a segunda é mais difícil de emagrecer né? Mas vou fazer como a outra, já fui em uma nutricionista e ela me passou um cardápio (e como ela é um amor muda todo mês!). Só que assim como na outra, se eu tiver vontade de comer qualquer coisa irei comer, e continuar feliz da vida sem me preocupar com o peso!!

9. Onde você fez o enxoval? E onde vai fazer esse? Em Miami! O avô do Eduardo ajudou e então lá fomos nós para Miami. Quando ele fez um ano esse mesmo avô deu uma viagem para a Disney/Miami de presente para ele, e então "refiz" o enxoval!! E agora no meio do ano nós fomos de novo. Estou em LA visitando a Bru mas infelizmente não será por aqui porque ainda não sei o sexo! Agora vou comprar (e ganhar!) coisinhas para o Eduardo, para ele ver que viajamos para comprar coisas para ele (já que logo vamos voltar para cá comprar coisas para o baby).

10. Você acha que tem idade para ir pra Disney? Então, o Eduardo aproveitou muito mais agora com 3 anos do que com 1 ano. Mas ele se divertiu muito das duas vezes! A única diferença é que agora com 3 anos ele foi em mais brinquedos, mas tirar foto com os personagens é sempre o que ele mais adoram. Nessa viagem agora nós fomos com a família, como a nossa família não tem muuuito dinheiro nós estávamos pagando a muito tempo! E em dezembro vamos começar a pagar para ir no Natal do ano que vem, para a Disney mesmo.

11. Você mudou sua alimentação durante a gestação e no pós parto? Vai mudar nessa também? Sim!!! Eu virei super saudável na gravidez e levo isso até hoje, porque o Eduardo só quer comer o que eu como. E então se eu comer uma coisa horrível, ele vai comer também! Então ultimamente meu prato tem sido cheio de salada, arroz e feijão. Ele não curte carne e então nós tentamos compensar na salada e as vezes eu coloco frango na salada. Sim!!! Como comentei antes eu sou mais saudável graças ao Eduardo, mas agora estou tendo acompanhamento de uma nutricionista e está me ajudando super (inclusive ela me ajudou na alimentação do Dudu!).

12. Com que idade o Eduardo começou a ir para a escola? Com 1 ano! Ele foi para a escola com essa idade porque eu tinha que começar a trabalhar. Antes disso eu tinha dó dele ir para a escola, mas quando ele foi com essa idade ele amou e então ficou! Eu não trabalhava até então porque a pensão dele tava dando para a gente viver super bem, mas só que nós queríamos ter alguns luxos também né? Como viajar! Hoje em dia, sempre que minha família vai fazer algum programa que eu e o Eduardo não gostamos, a gente viaja para alguma praia aqui por perto.

13. Melhor viagem da sua vida, sem Eduardo e com Eduardo. Sem o Eduardo foi para Paris, no meu aniversário de 15 anos! E com o Eduardo foi a nossa última viagem para a Disney.

14. Qual o momento que mais te marcou com o Eduardo? Eu acho que todos os momentos que nós passamos juntos são especiais! Mas o momento que nós conhecemos eles é o melhor de todos né? Eu adoro a carinha que ele faz quando me vê quando volta da escola, por exemplo. Ele sempre faz a mesma carinha quando fica muito tempo sem me ver. hahaha

15. Você pretende casar e ter mais filhos? Sim!!! As vezes me pego sonhando nisso, e vejo que é o que eu quero para a minha vida. Agora que estou namorando me pego sonhando nisso muito mais vezes. E isso já virou realidade e não tem nada melhor do que ver nossos sonhos virando realidade né gente? A Bru pediu e só vou casar depois que o baby nascer (estamos pensando entre março e abril do ano que vem!). Sobre os filhos ainda não decidimos se vamos ficar só com esse ou ter mais um (acho que vai depender do sexo né? Se for menino vamos ter mais um e se for menina não, o Gui disse que vamos ter mais um sim, seja menino ou menina).

16. Qual a melhor coisa que podemos ensinar para os filhos? E deixar para eles? Que nós podemos deixar para eles são lembranças. Eu tenho várias lembranças de momentos bons com meus pais e quero que o Eduardo tenha isso, que seja aquela coisa que ele possa contar para os filhos dele! E que nós podemos ensinar é respeitar o próximo sempre, não importa a cor da pele, do olho, o peso ou qualquer outra coisa. Tem que respeitar sempre! E aquela coisa das "palavrinhas mágicas" né? Sempre que necessário falar obrigado/desculpa/com licença.