sábado, 21 de março de 2015

Diário da quarta gravidez - 13 semanas! Por Isa

Enquanto a nossa menininha não tem nome, será quarta gestação e terá meu nome ali, para não acharem que é a Rose que vai ter mais baby! hahaha Como esse é o primeiro post, será gigante. Mas vamos lá.

Vamos começar do começo, como descobri. hahaha Acho que já fiz algum post aqui no blog que o meu marido queria o terceirinho(a) dele (mas como eu tenho a Antônia de um casamento anterior, seria a quarta criança!). E a minha desculpa sempre foi: a gente já tem a Antônia de menina, para que tentar mais uma vez? E se não for menina? E a resposta dele sempre foi: Se não for menina, a gente já tem a Antônia e se for, será uma companheirinha para ela e será uma menina, sangue do meu sangue. E não consegui levar isso adiante! rs Então, quando começamos a planejar o aniversário dos meninos, no início de dezembro, decidimos que engravidaríamos em dezembro ou janeiro. E foi dito e feito! Eu descobri com 8 semanas, dia 18 do mês passado! Depois do aniversário dos meninos. Estamos de 13 semanas e 3 dias e muito animados!! Inclusive, Bruna que me espere pois logo logo vou ir fazer enxoval e comprar roupa para as crianças. hahaha

Uma coisa que não curti: A DPP da nossa baby girl é dia 23 de setembro (fevereiro é mês dos meninos e setembro das meninas! hahha) mas os meus outros três filhos fazem aniversário no início do mês, Antônia dia 10 de setembro, Frederico dia 1 de fevereiro e Valentim dia 3 de fevereiro. Mas meu médico disse que está tudo normal e então estou confiando nele!

A diferença de idade da Antônia e do Frederico é de 2 anos e 5 meses, e do Frederico e do Valentim 1 ano e 2 dias. Então todos tem idade bem próximas! Hoje Antônia está com 4 anos e 6 meses, Frederico com 2 anos e 1 mês e Valentim com 1 ano e 1 mês, quando o bebê nascer Antônia terá 5 anos, Frederico 2 anos e 7 meses e Valentim 1 ano e 7 meses, então será como das outras vez, só que tudo junto. hahahah Com certeza não é do jeito que eu imaginei, mas estou encantada em criar três bebês de uma vez só! Minha sogra está super feliz que vem baby girl por aí e que nós fecharemos a fábrica cedo, assim ela pode acompanhar tudo enquanto está bem, como ela mesma diz.

Sobre o parto, terei outro parto normal se tudo der certo assim como deu na do Frederico e na do Valentim. Na da Antônia não foi normal pois foi uma escolha do meu ex-marido, então tive uma cesárea e não quero passar por isso novamente. Tenho a sorte de hoje ter um marido que me aponha e que está super de acordo com outro parto normal e que me acompanharia na boa em um domiciliar, mas não quero (minha mãe é super contra e não quero ela nervosa por causa disso né? Quero que seja um momento feliz para todos, inclusive os avós).

Estamos no final dos três meses, dia 25 entramos no quatro mês! Segunda feira mamãe irá fazer exame (antes tarde do que nunca), bora fazer o morfológico do primeiro trimestre. Eu como boa brasileira deixo tudo para última hora! Mentira gente, era o único dia que tinha!!! hahaha

E o nome, estamos quase certos que será Betina, mesmo eu preferindo um maior. Confiram como ficará:
Antônia Vianna Mainardes.
Frederico Vianna Buchmann.
Valentim Vianna Buchmann.
Betina Vianna Buchmann. Seria o menor nome! Veremos, veremos. hahaha

Em relação ao enxoval, eu e o marido já havíamos planejado (junto com o aniversário dos meninos) de ir em maio (caso a gente engravidasse iriamos para fazer compra e caso não, iriamos para a Disney e vamos ir fazer os dois!).

Eu devia ter anotado sobre o que falaria né? hahaha Enfim, tentarei postar sobre tudo conforme as semanas forem passando. :)

sexta-feira, 20 de março de 2015

Por mais famílias grandes!

Hoje descobri que terei mais uma menininha e vim aqui fazer um post para incentivar mais casais a terem mais filhos! Vamos do começo?

Me chamo Isaura, mãe da Antônia de 4 anos, do Frederico de 2 anos e do Valentim de 1 ano.
A Antônia é fruto do meu primeiro casamento que durou mal durou 2 anos e me separei antes mesmo dela fazer 1 ano e isso não é novidade para a maior parte de vocês. Quando me casei de novo, a Antônia estava com 2 anos e 2 meses e foi aí que o pai dela começou a dar bola para ela, talvez um pouquinho mais tarde. Eu casei gravida de 29 do Frederico e quando ele estava com 3 meses engravidei do Valentim e estou aqui escrevendo esse post grávida de 13 semanas de uma menininha sem nome decidido. E vamos que vamos com essa vida reprodutora. hahaha

Por que eu incentivo meus amigos a terem mais que um filho? "O melhor presente que você pode dar para seu filho é um irmão", por isso. Vocês não tem noção de como é legal ver eles crescerem juntos, aprender coisas novas juntos e inventar milhões de brincadeiras que envolvem idades diferentes é o máximo. A Antônia mudou bastante conforme os irmãos foram crescendo e todo mundo vê essa diferença nela. A Antônia sempre foi uma menininha tímida e hoje não é mais! Quando isso mudou? Quando o Frederico ia com todo mundo e ela ficava com ciúmes. hahaha Mas é uma coisa boa, não é? Eu acho o máximo que o irmão conseguiu tirar isso dela, que ela se abriu para o mundo por ciúmes mesmo não sendo uma coisa que a gente apoia por aqui. hahaha Eu e meu marido fizemos algumas viagens sozinhos em 2 anos e eles ficaram sempre com companhia, com um gostinho de casa!

Outra coisa, a casa da gente fica sempre muito mais feliz! É uma alegria imensa todos os dias. Claro que não é alegria o dia todo e muito menos todo dia, mas posso dizer que os momentos bons fazem os ruins valerem a pena (e muito).

Mas tudo isso, é só para vocês me ajudarem a decidir o nome da minha menininha. Temos quatro nomes para escolhermos e estamos super na duvida! Quero nomes grandes como dos meus filhos (Antônia, Frederico e Valentim) mas que não seja com letras repetidas (tínhamos em mente Rafaella, mas falamos tanto do nome que começamos achar ruim). Estamos em dúvida entre: Betina, Caetana, Esmeralda e Maitê e acho que mais pro final vamos ficar em dúvida entre Betina e Maitê, que são nomes mais "normais". Só que eles não são grandes! E Caetana e Esmeralda são indicações da minha mãe e eu que eu gostei bastante, agora terei que ver as indicações da sogra, né? hahaha

Se fosse menino seria Gregório, já estava escolhido desde o dia em que descobrimos a gravidez mas aí a vida nos contrariou e mandou uma menina. hahhaha

E agora bora acompanhar outra gravidez?? Essa será a que terá mais posts, estou decida a postar toda semana algo sobre a gravidez. Amanhã já terá algo sobre as 13 semanas, a descoberta e tudo!

quinta-feira, 19 de março de 2015

Desfralde da Catarina aos 2 anos - Parte 1!

Eu tenho um certo problema em começar desfraldes! hahaha Por aqui, eles sempre demoraram desfraldar (sempre perto dos 3 anos ou até mesmo com 3 meses e pouco) e não tivemos problemas, inclusive acho melhor usar fralda do que levar no banheiro.

A Catarina fez 2 anos no último dia 9 e eu comecei a plantar a sementinha do desfralda na cabeça dela. Comprei vários livrinhos em inglês e lemos para ela quando ela acorda e ela sempre faz o primeiro xixi do dia no banheiro e assim vamos aos poucos inserindo isso na cabeça dela, aos 2 anos.

Pretendo desfralda-la até 2 anos e meio! Por que? Porque ela usando fralda não está sendo a melhor experiencia para nós. A Catarina nunca foi fã de usar fralda e desde 1 ano e pouquinho vivia tirando fralda e então deixa-lá de saia ou vestido nunca esteve no topo das minhas preferencias de roupas para ela.

Sei que tem milhões de jeito de tirar a fralda rápido (em 3 dias) mas estamos indo no ritmo dela. Ela se expressa super bem -passou a falar milhões de coisas nessas férias (em que só escutou português o tempo todo) e voltou super tagarela para casa- e então conseguimos levar as coisas no ritmo dela, pois ela sabe dizer o que quer e o que não quer, o que está legal e o que não está.

E se tudo der certo, ano que vem faremos a mesma coisa com a Maria Beatriz! Irei contar o processo aos poucos, conforme formos evoluindo ou a coisa for desandando. Quero compartilhar tudo. E depois compararei o processo dela, no início dos 2 anos com o do Murilo, no final dos 2 anos e veremos qual foi melhor para a criança e para os pais.

E como vocês podem perceber, eu consigo compartilhar quase tudo em relação a Catarina! Temos duas tags com o nome dela (Alimentação da Catarina, Desfralde da Catarina) além da do Quarto, por enquanto é a que mais tem. hahaha

segunda-feira, 16 de março de 2015

Uma babá nova!

Como eu já comentei aqui no blog, a Monica decidiu que não mudaria conosco. Nessas minhas semanas viajando (fui para Los Angeles e para Sydney, antes de ir para o Brasil) ela falou que cuidava das crianças para mim e que aproveitaria e me recomendaria uma babá nova, que será aprovada pelos meus parentes (minha irmã e cunhado, meu sogro e esposa, minha sogra e marido, meu pai e minha madrasta).

A Monica pediu para que eu buscasse a amiga dela em Malibu e já combinasse tudo com ela, o que ela poderia, ou não, fazer. Nessas duas semanas que a Monica passou aqui choveu pedidos para ela nos acompanhar nessa aventura, meu e das crianças. hahaha Ela ainda não foi embora e está considerando nosso pedido de ajuda! Ela sabe dessa vez será muito menos trabalho e será totalmente diferente, inclusive minha rotina com meus filhos. Quero poder dar uma atenção especial para os mais velhos que vão para a escola enquanto as duas irmãs mais novas aproveitam a mamãe.

O Pedro já contratou duas empregadas, uma que virá de segunda a sábado e outra que vem duas vezes por semana (para, juntas, fazerem uma faxina do lado de fora em um dos dias e no outro dentro). Então o trabalho da Monica seria apenas me dar uma ajuda após as crianças saírem da escola, então seria das 14h as 20h (horário em que eles vão dormir). E quem sabe, não contrate uma apenas para a hora do banho! Por mais que eu AME dar banho neles, é complicado dar banho em todo mundo na mesma hora e nesses dias sem babá estou dando banho coletivo (na Beatriz e na Catarina, e o marido do no Joaquim e no Murilo, a Melissa toma banho sozinha)

A babá nova, Julia, uma brasileirinha maravilhosa! hahaha Eu sempre quero ter alguém que fale duas línguas por perto deles, de preferência português e inglês e então ela seria perfeita, ainda mais que sabe espanhol também porque antes era babá de uma família mexicana. A única coisa que ela não concorda é morar com a gente e então não rola, porque não tem como pagarmos salário mais uma casa para ela. Então, infelizmente não vai ter como!! Uptade: Ela aceitou a trabalhar para nós apenas nos finais de semana, achou uma família que quer ela durante a semana e paga moradia e finais de semana livre. Então ela será a segunda babá que a ajuda a Monica (todas quartas e sextas a noite para nós sairmos e sábado a noite com uma amiga dela). Ela receberá 15 dólares por hora durante a semana e 20 final de semana e ela concordou na boa porque em dias de semanas ficamos umas duas horas fora e final de semana mais de três.

A Monica está quase convencida a ficar por aqui e nos acompanhar nessa nova aventura. Mas ainda temos muito que decidir! Como horário de trabalho dela (que seria 6 horas por dia durante cinco dias, e as vezes um pouquinho mais para os papais saírem e as vezes dar um help nos finais de semana! hahhaa Mas claro, ela recebe extra por isso) diminuiu horrores, ela talvez aceite. Ainda temos que entrar em um acordo com relação a férias e salário. O problema? Ela quer férias no Brasil (e eu super concordo! É onde a família dela está e onde eu mais tenho ajuda) e nos EUA (que eu não concordo! Ela terá dois meses de férias e gasta onde quiser, mas querer dois meses em cada lugar é muito). Sobre o salário é entre 10 e 20 dólares por hora (segundo o site de babás) para babás com experiência, a gente sempre pagou os 20 dólares por hora, e 25 horas extras (preço decido por nós, porque o normal é bem menos! E em Malibu ainda pagávamos por mais uma babá para ajuda-la. Por aqui, farei a mesma coisa e o Pedro pensa em até pagar por mais duas babás).

No final de tudo: Monica está contrata e já se mudou! rs E já nos ajudou a achar uma cozinheira (que vem segunda e faz comida para semana inteira e congela, achei o máximo) e as empregadas esquentam para nós! E sim, na nossa comida está incluído a nossa (de 7 pessoas, mais duas empregadas em dois dias da semana e a Monica).

sexta-feira, 13 de março de 2015

Pais separados mas avós unidos!

Eu dei um tempo na vida e vim escrever sobre ter pais separados. Eu mal lembro da época em que meus pais eram casados!

Meus sogros se separaram a pouco tempo, eles separam no começo de 2013 (dois anos atrás) e os meus se separam a muito tempo (não sei a data exata). A separação dos dois casais foi totalmente diferente! Meus pais separaram tendo três crianças em casa enquanto meus sogros separaram tendo nenhum filho em casa (todos casados e com família formada).

Meus sogros tiveram uma separação amigável. Os dois já viam á um bom tempo que não tava bom, que não era mais a mesma coisa e desde que eu e o Pedro casamos, eu escutava eles falarem que iriam se separar! E isso só aconteceu porque minha sogra reencontrou o primeiro namorado dela.
Depois disso, ela pediu o divórcio e começou uma vida totalmente nova onde é totalmente feliz! Nenhum dos filhos reclamou porque dava para ver a felicidade na cara dela de ter encontrando o grande amor dela e não tem nada melhor que isso, né? Ela casou no início de 2013 e desde então vive o sonho dela, que é viajar sempre e ficar perto de todos os netos (inclusive dos netinhos que moram em Santa Fe, hahahha). Meu sogro casou no início de 2014, mas não vemos tanta felicidade na cara dele! Ele mudou bastante depois da separação e vemos que só esta se adaptando a vida nova agora e nessa visita dele, vimos como ele está feliz! Ele casou com uma menina de 35 anos (ele tem 58! Minha sogra tem 59), e que está grávida, por isso tanta felicidade (e a visita! Só vieram nos ver para fazer enxoval. Vieram para cá e depois foram para Miami). 

O meu pai, casou faz tanto tempo que nem me lembro! E ele é tão feliz com ela que eu não reclamo nada. Sem contar que ela é um amor, sempre me tratou bem e mima meus filhos a ponto de eu e o Pedro termos que interferir, ela sempre quis ter uma filha e como eu morava com meu pai fui a sorteada para ser mimada, e a Gi também, claro! Meu pai e minha madrasta, sempre me ajudaram e me apoiariam enquanto minha mãe e meu padrasto (o terceiro, ou quarto! Não consigo acompanhar as mudanças) não. Minha mãe depois que separou e entregou duas filhas (eu e Gi moramos com nosso pai desde a separação) e ficou apenas com uma (Tati, que puxou a mamãe e está no segundo casamento! E vai ter o terceiro baby, uhul. Vem Chloe!!!).

Hoje meus pais se encontram em festas de aniversários (cinco festas minhas, duas da Gi e duas da Tati!) e até conversam, coisa que quando éramos crianças não acontecia. Claro que as crianças não entendem que um dia eles foram casados como a mamãe e o papai! Tanto que por aqui é uma confusão gigante dizer que o vovô mora com uma mulher que não é minha mãe. Com a vovó, não é novidade pois eles viram toda a mudança, viram a vovó deixando a casa do vovô, casando e se mudando! E eles amam essa nova versão da vovó, que é toda feliz. Minha sogra e meu sogro se encontram todos os domingos que os dois estão em Curitiba e fazem almoço em família! E eu adoro isso, é uma coisa tão moderna né? Uma família reunida mesmo com os pais separados. Um ex-casal que aceita o novo casamento dos ex, eu acho o máximo!

Mas enfim, por aqui hoje todos se dão muito bem e conseguimos reunir a família em festas! Coisas que sei que muitos casais não conseguem fazer. Eu acho que chega uma época em que começam a fazer isso pelos filhos e netos e deixam de lado todo o rancor da separação.

Parabéns ao sogro que será papai novamente! Pedro está com ciúmes porque perdeu o posto de irmão mais novo. hahahaha Que o Heitor venha cheio de saúde, traga muita felicidade para você e para todos nós! Queremos mais visitas de vocês e do Heitor hein!!!

quarta-feira, 11 de março de 2015

9 meses da Maria Beatriz!

A alimentação da Maria Beatriz daria uma novela! hahaha Tentamos dar papinha para ela mas não conseguimos como contei no post 8 meses da Maria Beatriz. Depois de mudar para Santa Fe começamos a ir em vários médicos até achar o que será o nosso, fomos em dois e já achei o meu preferido. hahaha O primeiro não deu bola, queria receber tudo o que o pediatra de Malibu tinha e essas coisas (e eu não mandei porque estava apenas vendo qual seria o nosso escolhido) enquanto o segundo fez milhões de exames, perguntas, agradou as crianças e me deu explicações maravilhosas.

O pediatra de Malibu disse que a Mabi tinha a parte de dentro do corpo imaturo e teríamos que fazer uma conta de prematuro com ela e o pediatra aqui de Santa Fe disse que é impossível isso ter acontecido pois ela nasceu com 39 semanas. Me explicou direitinho sobre o problema das pernas dela (que foi erro médico na hora do parto) e que hoje ela não tem mais problema algum e pode fazer tudo o que um bebê de nove meses (feitos dia 9) pode fazer. E inclusive, todo o medo que o médico nos passou sobre perder ela era mentira, pois ela não tem problema algum.

Sobre a alimentação dela, ele me disse que se ela conseguiu tomar suco por um mês e uma semana de papinha salgada ela não tem problema algum no intestino ou estomago e deve ter alguma alergia e então agora é para darmos um alimento de cada vez e no blw (pois ela tocará na comida e se tiver alergia saberemos pela mãozinha dela!). E então a introdução dela será a mesma da Catarina (que comentei com ele e ele disse que é perfeito) separado por cores dos alimentos.

E então, voltamos com a introdução alimentar da Maria Beatriz! Ah, e uma coisa que ele me disse: ela só precisa de complementar a amamentação, depois de um ano ela precisará complementar a alimentação mas por enquanto a comida é só completo para o leite e depois de um ano o leite vira complemento da comida. Então ela mamará por mais um tempo! hihi Eu quero amamentar ela até 1 ano e 5 meses no máximo, como já comentei com vocês.

terça-feira, 10 de março de 2015

2 anos da Catarina!

O último post da alimentação da Catarina foi com 1 ano e 6 meses, ou seja à seis meses e nesses seis meses tivemos algumas mudanças.

A Catarina teve uma fase em que só queria comer cenoura cru e brócolis, hoje em dia ela aceita cenoura em outras "versões" e come bastante tomate também. Esses três temos que ter diariamente aqui em casa desde que ela começou a comer! Ela não é fã de comer de três em três horas mas come. Comecei a diminuir a comida do prato dela e ela está comendo mais certinho depois disso.

Sobre a água, aumentamos bastante o consumo de água aqui de casa e diminuímos o de outras bebidas. Trocamos o café por suco, aumentamos o consumo de frutas. E assim vamos tentando ter uma vida mais saudável e mas ao mesmo tempo sem restrições! Na minha casa sempre que queríamos algo de comer, meu pai comprava e ele tem três filhas abaixo do peso. E eu faço a mesma coisa com meus filhos, eles estando abaixo do peso ou não! Acho que na vida temos que ter limites, e o limite aqui de casa é a quantidade, podem comer batata frita quando quiserem? Claro, desde que não comam um pote cheio. Podem tomar milkshake quando quiserem? Claro, mas nunca o gigante.

Da última vez que fiz um post sobre a alimentação da Catarina eu falava sobre o inverno brasileiro, hoje falo sobre o inverno americano e como sopa continua sendo nossa janta. hahaha Eu e a Catarina almoçamos sopa hoje, inclusive. Ah, e amanhã tem post sobre a alimentação da Maria Beatriz!!!

Sobre a sopa: eu coloco tudo o que dá para comer cozido (batata, batata salsa, couve, brócolis, cenoura, milho, couve-flor e essas coisas) e carne! O Pedro gosta de por macarrão e/ou arroz mas eu acho que o objetivo da sopa é ser uma coisa leve e não precisa dessas coisas mas as vezes libero a cozinha para ele fazer do jeito que ele quer. rs Ah, eu como com torradas e as crianças com aqueles "biscoitos" da última vez que fiz "Alimentação da Catarina".

É difícil manter uma alimentação boa nesse mundo industrializado? É, e muito. Eu sofro porque eu amo besteira, amo coisa industrializada mas não quero dar para meus filhos e então me seguro! Confesso que as vezes compro e como escondida. hahaha

Mas o mais importante nós estamos fazendo né? Ensinando o que é bom para nós e o que não é, e tenho certeza que as crianças estão aprendendo. E a alimentação da Melissa melhorou bastante!!! Ela não é mais aquela menininha de quando o Pedro surfava (não comia quase nada! Tinha nojo de todo tipo de comida), por que? Porque mudamos nossa alimentação, moramos em um lugar só, não ficamos sempre na praia e nos últimos meses só estava entrando comida saudável em casa.

domingo, 8 de março de 2015

Festa: Catarina no País das Maravilhas!

E amanhã minha bebezinha faz 2 anos e passa a ser minha criancinha e hoje estamos comemorando dois anos da menina mais linda do mundo. E nesses dois anos a Catarina me ensinou tantas coisas que eu achei que já sabia, que fico surpreendida com ela todos os dias. Quero ela desse tamanho para sempre, tem como?

E nós voltamos ao Brasil só para comemorar os 2 anos da nossa little girl. Parabéns Cacá!

O tema escolhido foi Alice no País das Maravilhas, e criatividade é tudo o que precisamos na hora de fazer um convite (nosso caso escrever assim: Alice levou a Catarina para o País das Maravilhas e convida você para se encontrar com elas)! A festa inspiradora foi essa:





















Como hoje é domingo, nada melhor que passar a tarde inteira com a família e amigos né? A festa começou as 15h e irá até tarde, como sempre.

Parabéns baby girl!!! Te amamos muitoooo, admiramos muito a sua maturidade em relação a ter uma irmãzinha e queremos vocês duas bebezinhas para sempre.

sexta-feira, 6 de março de 2015

Nossa biblioteca - Parte 3!

E continuamos na saga de comprar livros! hehe Meus filhos ainda não leem muito o "livro do filme" mas eu amo comprar e deixar lá para quem sabe, um dia eles se interessarem. E sim, aqui em casa julgamos o livro pela capa!! Por isso sempre procuro a capa mais legal.

Comprei um Box dos livros do Percy Jackson e diferente dos do Harry Potter que vão aumentando, eles vão diminuindo. hahaha
Comprei também o box do Maze Runner.
E alguns box do Monteiro Lobato para crianças! O primeiro são histórias como Dom Quixote, Peter Pan e muitas outras contadas pela Dona Benta. O máximo né? (os livros são: Fábulas; Peter Pan; Aventuras de Hans Staden; Histórias da Tia Nastácia; Dom Quixote das crianças; O Minotauro; Os doze trabalhos de Hércules; Histórias diversas;).


E um box com apenas dois livros! O Livro dos vilões e o livro das princesas.
E teremos livros com histórias para dormir por uns bons anos. hahaha

E a Catarina e a Maria Beatriz terão livrinhos diferentes por um bom tempo também! Um é de animais e outro de cores.
 E histórias para bebês de 1 ano!
E alguns clássicos:




Lindos esses com tradução do Walcyr Carrasco né?

quinta-feira, 5 de março de 2015

Nossa biblioteca - Parte 2!

Como queremos ter esses livros para sempre em nossa casa, compramos vários!!! Hoje não tem de contos de fadas porque comprei tudo ontem. hahhaa

Esses são contos sobre: falsidade, orgulho, amor fraterno, vaidade e ambição. Achei as capas lindaaas!!


Esses um são sobre comportamento, assim como os de cima. E é impressionante como livros assim mudam as crianças! E os três últimos são mais para a Cacá e a Mabi e obviamente não vão para a biblioteca. 



Comprei um box dos livros do Harry Potter! Achei liiindos!!! Quero comprar eles em inglês também. Esses são da coleção de colecionador, mas forma os únicos que achei.
Comprei também um box do Calvin e Haroldo! O Joaquim ama as histórias deles e eu acho o máximo esses box. hahaha
E um box para a Mel. Esse é da coleção O Diário da Princesa, o mesmo do filme!
Achei super legal que existe um livro de moda para crianças, não vejo a hora de chegar!
Esse livro é para ajudar as crianças a se comunicarem com as mães! Pois muitas tem vergonha, medo e sabe-se lá mais o que. Por aqui, Joaquim morre de medo de compartilhar as coisas e eu que sofro pois nunca fico sabendo de nada! E mesmo o livro sendo rosa, é para ajudar meninos e meninas.
Já contei por aqui que o Pedro é quem ensina matemática para os filhos, e com a Melissa e o Joaquim aprendendo cada vez mais, achei que eu precisaria de livros para ajuda-los. Comprei esses que são para crianças e assim eles aprendem sozinhos e se empenham mais ainda para aprender cada vez mais.

Comprei vários para a Catarina e Maria Beatriz! Estava vendo e as duas não tem nenhum livro!!! A Catarina com certeza utilizará muito mais pois está na fase de aprender a falar, e isso ajuda muuuito.




Achei esse o máximo pois por aqui ir ao dentista é sempre uma guerra.
Esse um é de pano e é perfeito para os bebês! Ainda mais que é cheio de frutas.
 Comprei esses de banho para a Cacá! Ela AMA.




Uma dica extra: Esse livro é ótimo para quem vai ter bebê e já tem filhos! Ele mostra tudo o que acontece e explica tudo. Ajudando a criança a se preparar para a chegada de um irmãozinho ou irmãzinha. Ah, e se vocês procurarem acham vários de separação também! Tinha vários legais no site em que comprei esses. (Lojas Americanas)